Cultura Indígena: Superando Esteriótipos na Educação Infantil



Por: Juliana Carbonieri
No dia 19 de abril comemora-se o ‘Dia do Índio’ no continente americano. A data foi oficializada no Brasil em 1943, pelo presidente Getúlio Vargas, por meio do decreto de lei nº 5.540. O dia 19 foi escolhido porque, em 1940, foi realizado o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, no México. Fora do continente americano, esse dia é comemorado no dia 09 de agosto. A data implantada relembra o esquecimento e as dores dos povos indígenas, não foi criada em circunstâncias festivas ou de comemoração.
Entretanto, o que muitas pessoas não sabem, é que não se usa mais ‘Dia do Índio’, mas sim, Dia dos Povos Indígenas. Quando se fala índio, é sempre com uma abordagem generalista, muito genérica. Quando se denomina como povos indígenas, isso remete à cada cultura indígena existente. Dá uma ideia de coletividade de povos.
Uma maneira interessante de abordar este dia na escola, é trabalhar de maneira crítica e interdisciplinar, com assuntos de história, geografia, ciências, entre outras disciplinas. As discussões devem pautar na desconstrução de um estereótipo deste povo como figura caricata e, acima de tudo, valorizar culturalmente a contribuição dos povos indígenas na formação social e histórica do Brasil.
Importante pensar nos povos indígenas como nossos contemporâneos, ou seja, como homens do nosso tempo, imersos na sociedade atual, em meio a facilidades tecnológicas, mas ainda assim, procurando manter vivas as suas tradições. Desta forma, as crianças poderão perceber que são povos que lutam pelo direito de manter viva a sua ancestralidade.
Roda de conversa, jogos de cooperação, contação de histórias, visitas as terras indígenas, são algumas das atividades que podem ser realizadas no contexto da Educação Infantil. O importante é conhecer e respeitar a cultura indígena e não reforçar os estereótipos tão presentes em nossa sociedade.
Confira nossa entrevista com a aluna de pedagogia Seila Kavankag com exclusividade aqui no BaguncEI!



Cultura Indígena: Superando Esteriótipos na Educação Infantil Cultura Indígena: Superando Esteriótipos na Educação Infantil Reviewed by Blog Baguncei on abril 18, 2018 Rating: 5
comentários via Facebook